A transformação digital é uma realidade em todos os aspectos do nosso dia a dia, o que facilita no desafio de aproveitar esse movimento e, com ele, levar mais tecnologia na educação pública. Mas se você acha que isso é algo distante e complicado de ser implementado, vale repensar sua concepção sobre o assunto!

A digitalização de documentos, a educação à distância, a secretaria digital, entre outros elementos, são exemplos das possibilidades de qualificação dos trabalhos dentro da escola com o auxílio de recursos digitais. E para você entender como utilizar efetivamente cada uma dessas facilidades na sua instituição de ensino, apresentamos este artigo.

Nele, você vai entender como implementar a tecnologia na educação pública e por que essa é uma medida fundamental para tornar a transformação digital mais democrática e acessível. Descobrirá, ainda, como e onde buscar esses recursos para fazer o melhor uso possível deles e garantir melhorias pedagógicas, operacionais e, consequentemente, de resultados. Vamos lá?

A tecnologia na vida de crianças e adolescentes em fase escolar

É raro, nos dias de hoje, ver um adolescente sem um smartphone na mão. Crianças, desde cedo, utilizam computadores em casa e mesmo tablets e outros equipamentos com jogos educativos. De acordo com a pesquisa TIC Kids Online, em 2015, cerca de oito em cada dez crianças e adolescentes com idades entre 9 e 17 anos já utilizavam a internet, o que corresponde a 23,4 milhões de usuários em todo o Brasil.

No entanto, ainda há uma grande parcela de jovens desconectados no país, o que exige a criação de políticas públicas para a promoção da igualdade de oportunidades online. Para se ter uma ideia, a mesma pesquisa aponta que, naquele ano, 6,3 milhões de crianças e adolescentes não eram usuários de internet — e por volta de 3,6 milhões deles sequer já haviam acessado a rede.

A importância da tecnologia na educação pública

Essa realidade sobre o uso da tecnologia precisa ser considerada porque ela favorece o reconhecimento do contexto em que estamos inseridos e reforça o entendimento de que a interação entre alunos por meios digitais aumenta as possibilidades pedagógicas. Mesmo aqueles considerados tímidos conseguem ganhar desenvoltura com o auxílio de ferramentas tecnológicas.

Ao fazerem atividades em pares ou grupos, a internet permite que todos expressem seus conhecimentos e deem opiniões, o que traz à tona a experiência prévia dos estudantes, proporcionando mais motivação por colocá-los como parte ativa e importante do processo de aprendizagem.

Além de facilitar o acesso à pesquisa e à informação e de proporcionar mais recursos nas salas de aulas e laboratórios, a internet também contribuiu para a expansão de uma modalidade de ensino alternativa: a educação à distância, também conhecida pela sigla EAD.

Estes são só mais alguns exemplos do quanto a tecnologia na educação pública amplia as oportunidades de inclusão e desenvolvimento dos estudantes. Mas é possível fazer mais e os recursos para isso já existem!

Os importantes aliados da educação

O acesso à tecnologia na educação pública pode não ser uma unanimidade, já que muitas crianças e adolescentes ainda não têm acesso a esses tipos de ferramentas digitais. Entretanto, isso não significa que eles não devem estar em contato com tais recursos e que as escolas não possam promover essa aproximação, até porque é uma questão de inclusão social. Nesse contexto, o Google for Education para escolas públicas é de grande ajuda.

A plataforma oferece diversas possibilidades para que os professores ampliem as áreas de conhecimento das suas disciplinas. Além de facilitar a dinamização do conteúdo oferecido, permite que os estudantes tenham contato frequente com tecnologias essenciais para o convívio social e o aprimoramento pessoal e estudantil.

Há também a secretaria digital, uma plataforma online com vários módulos de interação de professores, alunos e pais. Criada para centralizar, agilizar e facilitar todas as operações que envolvem a gestão diária da administração escolar, ela permite que professores e os responsáveis pelos alunos possam participar mais de perto da rotina dos estudantes. Tudo de forma rápida, segura e eficiente.

Os alunos, por sua vez, podem usar a secretaria digital para baixar o caderno, criar suas contas de e-mail e enviar suas fotos para emissão da carteirinha escolar. Tudo isso promove de maneira efetiva a inclusão digital e facilita a integração de todos os envolvidos com o processo de formação estudantil e qualificação do dia a dia na instituição de ensino.

Também na secretaria digital, pais e alunos podem acessar diversos documentos escolares totalmente online, como boletins, histórico, calendário, pacote Office e até mesmo fazer a matrícula, tudo sem sair de casa.

Outro grande aliado da tecnologia na educação pública é o outsourcing de impressão. Além de reduzir custos, esse serviço permite às escolas praticar uma melhor gestão do que se é impresso. Com equipamentos de ponta e constantemente atualizados, o fluxo intenso de impressão ― parte consolidada da rotina de trabalho ― não é prejudicado.

Afinal, professores, estudantes e equipes administrativas estão sempre lidando com documentos importantes, como certificados, provas e arquivos pedagógicos e precisam de uma boa infraestrutura para dar conta dessas demandas. O outsourcing contribui justamente com isso: eliminando a responsabilidade da escola de comprar e manter impressoras, ganha-se mais tempo para fazer o que realmente importa.

E já que falamos de gestão de impressão, podemos abordar a digitalização de documentos como outra ótima opção para a redução de custos com impressões no ensino público. No lugar de tirar uma cópia impressa da certidão de nascimento de um aluno, por exemplo, o documento pode ser escaneado e armazenado digitalmente. É economia de papel, de tinta e de espaço, já que esse documento não precisa ser arquivado em nenhum arquivo físico!

Conte com a Almaq para digitalizar o ensino público

Pode parecer que essa rotina de impressões não tenha tanto a ver com a aplicação de tecnologia na educação pública direcionada aos estudantes, mas isso não é verdade. Todo processo digital capaz de facilitar o trabalho de gestão, as rotinas administrativas e o relacionamento com os estudantes e a comunidade escolar é importante e bem-vindo.

Se antes o acesso a ferramentas digitais era restrito a escolas com infraestrutura mais cara e completa, agora até mesmo instituições públicas que ainda não contam com as tecnologias necessárias podem aproveitar o que há de mais avançado para dar suporte às ações pedagógicas. E tudo isso resulta em um ensino mais qualificado e em uma preocupação verdadeira com o aspecto social da educação.

Com a Almaq, você tem a certeza de contar com um parceiro de outsourcing de impressão com as melhores soluções de acordo com a realidade da sua escola. Além disso, em parceria com a Think Digital e o Google, oferecemos a tecnologia e a acessibilidade necessárias para um acesso de qualidade a alunos e professores. Entre em contato com a gente, conheça nosso portfólio e descubra como podemos ajudar você a levar ainda mais tecnologia à sua instituição de ensino!